A aula em que Trump e Kim Jong-un faltaram...

Nas últimas semanas temos acompanhado a tensão entre EUA e Coréia do Norte em que muitos dizem, pode acarretar em uma nova Guerra Mundial. A tensão cresce a cada dia com tropas americanas em solo Coreano. É impossível deixar passar a discussão de um assunto como esse, mas tentarei faze-lo do ponto de vista sobre administração de conflito, na qual a Contreras & Lean Associates faz questão de lecionar em seus treinamentos. Onde esses “líderes” mundiais estão falhando? Existe solução para este conflito? Existem várias maneiras de abordar e administrar conflitos. Uma das mais eficazes é denominada de “Estilos de Administração de Conflitos”, método criado por Kenneth Thomas e Ralph Kilmann, os quais propõem 5 formas de gerenciar conflitos.

Não existe estilo certo ou errado em relação a qualquer um desses métodos. Cada qual pode ser apropriado e muito efetivo, dependendo das circunstâncias, do assunto a ser resolvido e das personalidades envolvidas. As maneiras de gerenciar conflitos são:

1 Competindo

Ao competir o indivíduo procura atingir os seus próprios interesses em detrimento dos interesses da outra pessoa. É um estilo agressivo e antagônico onde o indivíduo faz uso do poder para vencer. A competição pode significar “proteger seus direitos”, defender uma posição na qual acredita, ou simplesmente querer ganhar. Como ponto positivo pode gerar resultados rápidos, porém o lado negativo é que gera hostilidade.



2 Acomodando

Ao acomodar a pessoa renuncia aos seus próprios interesses para satisfazer os interesses da outra parte. A acomodação é identificada por um comportamento generoso, altruísta, dócil à vontade da outra pessoa ou, então, abrindo mão de seu ponto de vista a favor do outro. Como ponto positivo, os assuntos são resolvidos porém pode gerar ressentimento se a pessoa não tiver uma atitude altruísta.

3 Evitando

Ao afastar-se a pessoa não se empenha em satisfazer os seus interesses, nem tampouco coopera com a outra pessoa. O indivíduo coloca-se diplomaticamente à margem do conflito, às vezes adiando o assunto para um momento mais adequado, ou então simplesmente recuando diante de uma situação de ameaça (física, emocional ou intelectual). Como ponto positivo, o conflito tende a diminuir, porém o problema não é resolvido só adiado.

4 Mediando

O indivíduo procura soluções mutuamente aceitáveis, que satisfaçam parcialmente os dois lados. Ele abre mão de alguma coisa, desde que em contrapartida receba algo em troca que seja de seu interesse. O acordo significa trocar concessões, ou então procurar por uma rápida solução de meio termo. É uma espécie de “toma-lá-dá-cá”. É muito utilizado em situações complexas porém em muitos casos ninguém está satisfeito (dependendo da personalidade dos envolvidos).

5 Colaborando

Ao colaborar o indivíduo procura trabalhar com a outra pessoa tendo em vista encontrar uma solução que satisfaça plenamente os interesses das duas partes. Significa aprofundar o assunto para identificar as necessidades e interesses dos dois lados e encontrar uma solução satisfatória para todos os envolvidos. Ao colaborar, o indivíduo procura aprender com os desacordos, olhando o ponto de vista do outro, bem como resolver situações que de outra forma poderia descambar para competição por recursos, ou ainda tentar encontrar soluções criativas para problemas de relacionamento interpessoal. É uma relação que cria confiança mútua e realmente resolve os conflitos, porém é uma maneira de se resolver demorada.

Agora que já sabemos as 5 maneiras de se administrar conflitos, Será que o conflito dos EUA x Coreia do Norte sendo gerenciado de maneira competitiva é o melhor caminho?

Creio que existam outras opções à serem tomadas por Trump e Kim Jong-un...

Um bom exemplo a ser mencionado está na história de Nelson Mandela e sua busca pelo fim do apartheid na África do Sul. O seu trabalho incessante em trabalhar de maneira colaborativa, resolveu uma guerra racial em que o país vivia e fez de Mandela um dos maiores, melhores e mais carismáticos líderes mundiais.

E vocês? Como andam gerenciando os conflitos em seu ambiente de trabalho ou até mesmo na sua vida pessoal? Será que estamos utilizando o melhor método de acordo com cada momento?

Já que Trump e Kim Jong-un não fazem essa reflexão, creio que podemos faze-la.



27/04/2017 - Lucas Santos